O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player





Selecione uma letra ao lado!
Verbetes V

VALDIR BARRETO ANDRADE
Nasceu em 20 de julho de 1915, filho de Leobino Andrade e Balbina Barreto Andrade. Formou-se pela Faculdade de Medicina da Bahia em 15 de dezembro de 1937 defendendo a tese “Prolapso genital: operação tipo Manchester e futuro obstétrico”. Em 1940, foi nomeado médico interino para Higiene Pré-Natal do Centro de Saúde de Aracaju, vinculado ao Departamento de Saúde Pública de Sergipe, sendo efetivado um ano após. Em 1941, foi designado pelo diretor geral do Departamento de Saúde Pública para atender ao Serviço de Sífilis e Doenças Venéreas de Homens e em seguida o de Mulheres. Em 1945 foi nomeado Segundo Tenente Médico do Reserva no governo Getúlio Vargas. Atuou como ginecologista e obstetra na Maternidade João Firpo de 1950 a 1957 e depois na Maternidade Francino Melo, do Hospital de Cirurgia, a partir de então. Doutor em Ciências Médico-Cirúrgicas, defendendo tese em 1958, na Faculdade de Medicina da Bahia, na cátedra de ginecologia. Dirigiu o Centro de Estudos do Hospital de Cirurgia e foi diretor da sua notável revista. Foi médico do IPASE e do IAPC. Foi professor fundador da Faculdade de Medicina de Sergipe, na cátedra de clínica ginecológica. Faleceu em 1971, com 56 anos.

VALTER CARDOSO COSTA
Nasceu em 6 de abril de 1934, em Arauá/SE, filho de Joaquim Nascimento Costa e Laura Cardoso Costa, Formou-se em 14 de dezembro de 1960, pela Faculdade de Medicina da Bahia. Regressando em seguida a Sergipe, atuou como cirurgião no Hospital Regional Amparo de Maria, na Maternidade Leopoldo Souza, no SESI,  na Fábrica Santa Cruz,  no INSS e INAMPS, atendendo como clínico geral em várias cidades da região sul. Trabalhou ainda em Aracaju na Clinica Santa Lúcia, Hospital São José e Hospital da Polícia Militar. Em Estância foi o pioneiro em realização de cesarianas, trabalhando ao lado de Roberto Bahia e Paulo Amaral.  Em 1970, elegeu-se deputado estadual, destacando-se como defensor da zona sul de Sergipe por dois mandatos.   Em 1976, elegeu-se Prefeito de Estância. Sua maior obra foi a construção do bairro Cidade Nova, hoje denominado Bairro Valter Cardozo Costa. Foi um grande empreendedor, abrindo ruas, praças, o mercado municipal, creches, posto médico, posto policial, o cemitério, o calçamento de varias ruas e o conjunto Paulo Amaral, além da construção da Escola Laura Costa, entre outras ações.. Em 1987 foi eleito para um segundo mandato como prefeito de Estância. Faleceu em 13 de dezembro de 2001 em Aracaju, seus restos mortais encontram-se no Cemitério de Estância, com 67 anos.



VÂNIA FARIAS BARRETO
Nasceu em 14 de setembro de 1959, em Aracaju/SE, filha de Francisco Guedes Barreto e Ivanete Barreto. Formou-se pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Federal de Sergipe em 1984. Atuou nas áreas de medicina do trabalho e medicina legal, exercendo as funções de médica legista do Instituto Médico Legal da Secretaria de Estado da Segurança Pública de Sergipe, do qual se tornou diretora. Faleceu  em conseqüência de complicações de neoplasia cerebral, em 3 de junho de 2010, em Aracaju, com 50 anos.

VIRGÍLIO DE MELLO REZENDE
Nasceu em Sergipe por volta de 1866, filho do médico Manuel Simões de Mello e de Maria Jesuína de Resende e irmão do médico Aurélio de Mello Rezende. Formou-se pela Faculdade de Medicina da Bahia em 1887. Após a formatura transferiu-se para São Paulo. Foi professor de alemão da Escola Normal da Praça de República. Estabeleceu-se em Itapetininga, onde manteve consultório. Casou-se com a professora Herminia de Melo Franco Resende. Faleceu em 13 de outubro de 1931, com 65 anos.

VILOBALDO AGOSTINHO DE SANT’ANNA
Nasceu em 28 de agosto de 1931, em Salvador/BA, filho de Vicente Laudelino de Sant’Anna e Maria Fausta de Santana. Formou-se pela Escola Baiana de Medicina e Saúde Pública em 1959. Atuou como clínico geral em Itabaiana/SE. Faleceu em Estância/SE em 20 de março de 1993, com 62 anos e foi sepultado em Santa Luzia/SE.

VITALMIRO DE ALMEIDA
Nasceu em 6 de outubro de 1901, em Salvador/BA, filho do Coronel Vitalino Cândido de Almeida e Almerinda da Silva Almeida. Formou-se pela Faculdade de Medicina da Bahia em dezembro de 1930. Atuou em Sergipe a partir de 1946, no Departamento de Saúde Pública. Faleceu em 1972, com 71 anos.

VOLLMER BOMFIM
Nasceu em 30 de junho de 1938 em Aracaju/SE, filho do médico Lourival Bomfim e Julieta Bomfim. Formou-se pela Faculdade de Medicina da Bahia em 1961. Fez Residência em cirurgia geral no Hospital Brigadeiro Luiz Antonio/SP de 1962 a 1963, em cirurgia vascular no Hospital da Floresta/RS em 1964, e em cirurgia cardíaca no Serviço do Professor Iseu Costa, em Curitiba/PR de 1970 a 1972. Atuou como cirurgião do IAPC até 1972. Especializou-se em cirurgia cardíaca no Instituto Carolinska, de Estocomolmo, Suécia em 1981, onde também fez doutorado. Livre-docente pela Faculdade de Medicina do Instituto Carolinska de Estocolmo em 1982. Atuou como cirurgião na equipe de cirurgia cardíaca da Clínica Torácica do Instituto Médico-Cirúrgico Carolinska de Estocolmo, Suécia, de 1974 a 1982. Chefiou o Serviço de Cirurgia Cardíaca do Hospital dos Servidores/RJ de 1982 a 1987, tendo, nesse período, realizado o primeiro transplante de coração do Rio de Janeiro. Chefe do Serviço de Cirurgia Cardíaca do Hospital Universitário de Orebro, na Suécia, de 1987 a 2000. Possui centenas de trabalhos científicos publicados e apresentados em congressos de vários países do mundo. Comendador da Ordem do Mérito Serigy outorgado pela prefeitura de Aracaju, em 1985. Reside em Aracaju/SE.

 

   VENDAS:

  SOMESE ( 79-3211-9357)

  LIVRARIAS ESCARIZ
  (Shopping Jardins e Riomar)

  BANCA DO MINI'GOLF


   CAFÉ DO MUSEU (79 3041-0692 )

   Pálacio-Museu Olímpio Campos-
   Pça.Olímpio Campos, s/n – Centro. Telefone:


  Sugestões de verbetes,
  correções, adendos ou críticas
.


 
Mande sua mensagem, crítica e sugestão
   
Nome
Email:
Assunto
Mensagem
Anexo
 

 Copyright©2009 – Antonio Samarone de Santana, Lúcio Antonio Prado Dias e Petrônio Andrade Gomes.
 TODOS OS DIREITOS DESTA EDIÇÃO RESERVADOS AOS AUTORES
 Proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo, com finalidade de comercialização
 ou aproveitamento de lucros e vantagens, com observância da Lei de regência.
 Poderá ser reproduzido texto, entre aspas, desde que haja expressa menção dos nomes dos autores, título da obra, editora, edição e paginação.
 A violação dos direitos de autor (Lei 9.610/98) é crime estabelecido pelo artigo 184 do Código Penal.